Tatiana Maslany Portugal é a tua fonte de referência para a atriz Tatiana Maslany em Portugal. O site fornece aos fãs portugueses as últimas notícias relacionadas com o trabalho da Tatiana Maslany.

Explora o site, segue a nossa equipa nas redes sociais e participa nas nossas iniciativas.
Obrigado pela tua visita.

Tatiana Maslany fala sobre como foi trabalhar com Tom Cullen

Leiam em baixo o artigo traduzido da metro:

Trabalhar com o teu parceiro pode ser complicado. Mas não para a Tatiana Maslany e Tom Cullen. Numa relação desde 2011, a atriz de Orphan Black e o ator de Downton Abbey finalmente chegaram a partilhar a tela em The Other Half, um filme indie em que ela interpreta uma mulher com transtorno bipolar e ele um violento drifter que lamenta o desaparecimento do seu irmão . Os dois tornam-se num item, mesmo quando surgem problemas.

Ser um casal off-screen e interpretar um casal intenso na tela é mais fácil ou mais difícil?

Tatiana Maslany: Porque nos conhecemos muito bem, temos uma estenografia e imenso amor e apoio. Há uma enorme quantidade de segurança, e não nos conformamos com a desonestidade. Como artistas é um ótimo lugar para trabalhar. Eu não consigo enganar o Tom. Ele sabe quem eu sou; Ele sabe quando estou a mentir. Acho que abre estes territórios emocionais de uma maneira mais fácil, e é muito bom para chegar lá.

Como foi interpretar uma personagem com transtorno bipolar? Que passos tomas-te para evitar os clichês?

Maslany: Joey [Klein, o cineasta] fez uma incrível quantidade de pesquisa de desenho, de experiência, de vida, bem como estudos clínicos. Ele queria ter a certeza de que estávamos a dizer tudo honestamente. Não queríamos que a doença da Emily fosse romântica. É quem ela é, e é algo que ela lida com todos os dias em diferentes formas. E tu não queres demonizar isso. Tratava-se de ter a certeza de que obtê-lo direito clinicamente e, em seguida, permitindo os impulsos no dia.

Quais são algumas das apresentações favoritas ou filmes que vocês procuraram por inspiração?

Maslany: Joey citou “A Woman Under the Influence” como uma grande inspiração. Eu continuei a voltar para ele quando me senti-a presa. O trabalho é tão livre, complicado e bizarro.

Ambos interpretam na televisão. Quais são algumas das diferenças que vão da televisão ao cinema?

Maslany: Depende do projeto. Pare este tivemos muita liberdade. Não havia separação entre nós e a equipa; Foi uma experiência muito comum. Não sei se tens sempre isso na televisão.

[…]

Juliana Maia | Março 16, 2017 | Artigos, Entrevistas, Filmes, Tatiana Maslany, The Other Half | comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Tatiana Maslany fala sobre como foi trabalhar com Tom Cullen

Leiam em baixo o artigo traduzido da metro:

Trabalhar com o teu parceiro pode ser complicado. Mas não para a Tatiana Maslany e Tom Cullen. Numa relação desde 2011, a atriz de Orphan Black e o ator de Downton Abbey finalmente chegaram a partilhar a tela em The Other Half, um filme indie em que ela interpreta uma mulher com transtorno bipolar e ele um violento drifter que lamenta o desaparecimento do seu irmão . Os dois tornam-se num item, mesmo quando surgem problemas.

Ser um casal off-screen e interpretar um casal intenso na tela é mais fácil ou mais difícil?

Tatiana Maslany: Porque nos conhecemos muito bem, temos uma estenografia e imenso amor e apoio. Há uma enorme quantidade de segurança, e não nos conformamos com a desonestidade. Como artistas é um ótimo lugar para trabalhar. Eu não consigo enganar o Tom. Ele sabe quem eu sou; Ele sabe quando estou a mentir. Acho que abre estes territórios emocionais de uma maneira mais fácil, e é muito bom para chegar lá.

Como foi interpretar uma personagem com transtorno bipolar? Que passos tomas-te para evitar os clichês?

Maslany: Joey [Klein, o cineasta] fez uma incrível quantidade de pesquisa de desenho, de experiência, de vida, bem como estudos clínicos. Ele queria ter a certeza de que estávamos a dizer tudo honestamente. Não queríamos que a doença da Emily fosse romântica. É quem ela é, e é algo que ela lida com todos os dias em diferentes formas. E tu não queres demonizar isso. Tratava-se de ter a certeza de que obtê-lo direito clinicamente e, em seguida, permitindo os impulsos no dia.

Quais são algumas das apresentações favoritas ou filmes que vocês procuraram por inspiração?

Maslany: Joey citou “A Woman Under the Influence” como uma grande inspiração. Eu continuei a voltar para ele quando me senti-a presa. O trabalho é tão livre, complicado e bizarro.

Ambos interpretam na televisão. Quais são algumas das diferenças que vão da televisão ao cinema?

Maslany: Depende do projeto. Pare este tivemos muita liberdade. Não havia separação entre nós e a equipa; Foi uma experiência muito comum. Não sei se tens sempre isso na televisão.

[…]

Juliana Maia | Março 16, 2017 | Artigos, Entrevistas, Filmes, Tatiana Maslany, The Other Half | comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *