Tatiana Maslany Portugal é a tua fonte de referência para a atriz Tatiana Maslany em Portugal. O site fornece aos fãs portugueses as últimas notícias relacionadas com o trabalho da Tatiana Maslany.

Explora o site, segue a nossa equipa nas redes sociais e participa nas nossas iniciativas.
Obrigado pela tua visita.

Tatiana Maslany está entre “Os 50 mais influentes de Toronto”

O site torontolife publicou recentemente a lista das personalidades mais influentes da cidade e a Tatiana encontra-se no 29º lugar. Leiam em baixo aquilo que escreveram sobre ela:

Finalmente os awards shows acertaram: Leonardo DiCaprio obteve o seu Oscar e a Tatiana conseguiu o seu Emmy. Depois de ser desprezada em 2015, Maslany, de 31 anos, a pessoa que o ator Lin-Manuel Miranda (Hamilton) chamou de “talvez a maior atriz viva” levou para casa o prémio máximo dos seus diversos papeís em Orphan Black, série produzida por Bell Media e BBC America.

Recentes projetos: O seu filme “Two Lovers and a Bear” impressionou durante o TIFF e também aos críticos de Cannes. Ela estará em breve ao lado de Jake Gyllenhaal em Stronger, um blockbuster sobre o ataque de bomba que acontecendo durante a Maratona de Boston.

Obrigado maslany.com.br

Juliana Maia | Dezembro 4, 2016 | Artigos, Notícias, Tatiana Maslany | comentários

Tatiana Maslany nomeada nos Critic’s Choice Awards

Mais um ano e mais uma nomeação para a Tatiana Maslany nos Critic’s Choice Awards na categoria de Melhor Atriz em Série Dramática com os seus papéis na série Orphan Black. O anúncio foi feito através da conta oficial do Twitter da premiação, a mesma será realizada a 11 de Dezembro.

Juliana Maia | Novembro 14, 2016 | Notícias, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Tatiana Maslany filma no Ártico do Canadá

Tatiana Maslany, uma das estrelas de “Two Lovers and a Bear”, diz que o tempo de filmagens em Nunavut foi uma experiência reveladora e quer que mais cineastas canadianos trabalhem no Norte para contar as suas histórias.

O filme, realizado por Kim Nguyen, é um romance sobre dois amantes que se refugiam do seu passado no Ártico. “Two Lovers and a Bear” teve a sua primeira exibição em Nunavut no teatro de Iqaluit Astro.

Maslany, atriz original de Regina que recentemente ganhou um Emmy pelo seu trabalho na série de TV Orphan Black, passou seis semanas em Iqaluit na primavera passada durante a filmagem. Parte do filme também foi filmado em Timmins, Ontario. Em frente ao teatro cheio com o elenco e a equipe do filme, Maslany ficou sufocada. Disse que as relações que  estabeleceu com as pessoas e a paisagem do Ártico tiveram nela um efeito duradouro.

“Eu acho que Nunavut é incrível”, disse Maslany. “É tão variado de dia para dia. É mágico. É outro mundo completamente diferente, a forma da neve, do céu, do oceano – tudo.”

Maslany diz que é um luxo trabalhar com a paisagem em que a história se insere. “Podes deixar o ambiente contracenar contigo em cena”, disse ela.

Apesar do frio, e lutando com percalços e avarias de equipamentos, Maslany diz que se divertiu muito no Norte. “Senti que havia menos desafios para mim do que alegrias”

Maslany diz que teve um acidente quase desastroso num Ski-Doo quando se esqueceu do equipamento de camera anexado na sua máquina e ricocheteou para fora de uma falha de neve, fazendo com que seu parceiro de cena Dane DeHaan fosse derrubado do seu Ski-Doo. No final todos sairam ilesos e a equipa reuniu ouro em bloopers.

O seu tempo em Iqaluit a filmar “Two Lovers and a Bear” foi a primeira viagem de Maslany ao Ártico do Canadá. Ela diz que antes de visitar o norte sabia muito pouco sobre esta parte do Canadá. “Estava envergonhada do quão pouco sabia, o pouco que me disseram e o quão pouco investigara”

“Acabou por se revelar um dos meus lugares favoritos no planeta e eu já viajei muito.”

Agora, a atriz quer incentivar outros cineastas a trabalhar no Norte. “É importante para as equipas vir até aqui e trabalharem aqui e contar estas histórias, porque é quem somos”

Ela diz que contar histórias no Norte é essencial para abraçar a verdadeira identidade do Canadá. “Criamos uma identidade para o Canadá que não tem nada a ver com as raízes do Canadá e dos nossos povos indígenas”

“Acho que isso é um grande erro, estamos a colocar uma outra identidade que não é quem somos”. O seu conselho aos cineastas de Nunavut é: “apenas conta a tua história.”

“Abrace tudo o que sabes sobre onde cresceste e as histórias que te foram ditas e defende-as, porque nós realmente precisamos de vozes daqui que alcancem o mundo, precisamos ouvir essas histórias”.

Fonte

Bruna Pias | Novembro 9, 2016 | Artigos, Entrevistas, Filmes, Two Lovers and a Bear | comentários

Página 4 de 29« Primeira...23456...1020...Última »

Tatiana Maslany está entre “Os 50 mais influentes de Toronto”

O site torontolife publicou recentemente a lista das personalidades mais influentes da cidade e a Tatiana encontra-se no 29º lugar. Leiam em baixo aquilo que escreveram sobre ela:

Finalmente os awards shows acertaram: Leonardo DiCaprio obteve o seu Oscar e a Tatiana conseguiu o seu Emmy. Depois de ser desprezada em 2015, Maslany, de 31 anos, a pessoa que o ator Lin-Manuel Miranda (Hamilton) chamou de “talvez a maior atriz viva” levou para casa o prémio máximo dos seus diversos papeís em Orphan Black, série produzida por Bell Media e BBC America.

Recentes projetos: O seu filme “Two Lovers and a Bear” impressionou durante o TIFF e também aos críticos de Cannes. Ela estará em breve ao lado de Jake Gyllenhaal em Stronger, um blockbuster sobre o ataque de bomba que acontecendo durante a Maratona de Boston.

Obrigado maslany.com.br

Juliana Maia | Dezembro 4, 2016 | Artigos, Notícias, Tatiana Maslany | comentários

Tatiana Maslany nomeada nos Critic’s Choice Awards

Mais um ano e mais uma nomeação para a Tatiana Maslany nos Critic’s Choice Awards na categoria de Melhor Atriz em Série Dramática com os seus papéis na série Orphan Black. O anúncio foi feito através da conta oficial do Twitter da premiação, a mesma será realizada a 11 de Dezembro.

Juliana Maia | Novembro 14, 2016 | Notícias, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Tatiana Maslany filma no Ártico do Canadá

Tatiana Maslany, uma das estrelas de “Two Lovers and a Bear”, diz que o tempo de filmagens em Nunavut foi uma experiência reveladora e quer que mais cineastas canadianos trabalhem no Norte para contar as suas histórias.

O filme, realizado por Kim Nguyen, é um romance sobre dois amantes que se refugiam do seu passado no Ártico. “Two Lovers and a Bear” teve a sua primeira exibição em Nunavut no teatro de Iqaluit Astro.

Maslany, atriz original de Regina que recentemente ganhou um Emmy pelo seu trabalho na série de TV Orphan Black, passou seis semanas em Iqaluit na primavera passada durante a filmagem. Parte do filme também foi filmado em Timmins, Ontario. Em frente ao teatro cheio com o elenco e a equipe do filme, Maslany ficou sufocada. Disse que as relações que  estabeleceu com as pessoas e a paisagem do Ártico tiveram nela um efeito duradouro.

“Eu acho que Nunavut é incrível”, disse Maslany. “É tão variado de dia para dia. É mágico. É outro mundo completamente diferente, a forma da neve, do céu, do oceano – tudo.”

Maslany diz que é um luxo trabalhar com a paisagem em que a história se insere. “Podes deixar o ambiente contracenar contigo em cena”, disse ela.

Apesar do frio, e lutando com percalços e avarias de equipamentos, Maslany diz que se divertiu muito no Norte. “Senti que havia menos desafios para mim do que alegrias”

Maslany diz que teve um acidente quase desastroso num Ski-Doo quando se esqueceu do equipamento de camera anexado na sua máquina e ricocheteou para fora de uma falha de neve, fazendo com que seu parceiro de cena Dane DeHaan fosse derrubado do seu Ski-Doo. No final todos sairam ilesos e a equipa reuniu ouro em bloopers.

O seu tempo em Iqaluit a filmar “Two Lovers and a Bear” foi a primeira viagem de Maslany ao Ártico do Canadá. Ela diz que antes de visitar o norte sabia muito pouco sobre esta parte do Canadá. “Estava envergonhada do quão pouco sabia, o pouco que me disseram e o quão pouco investigara”

“Acabou por se revelar um dos meus lugares favoritos no planeta e eu já viajei muito.”

Agora, a atriz quer incentivar outros cineastas a trabalhar no Norte. “É importante para as equipas vir até aqui e trabalharem aqui e contar estas histórias, porque é quem somos”

Ela diz que contar histórias no Norte é essencial para abraçar a verdadeira identidade do Canadá. “Criamos uma identidade para o Canadá que não tem nada a ver com as raízes do Canadá e dos nossos povos indígenas”

“Acho que isso é um grande erro, estamos a colocar uma outra identidade que não é quem somos”. O seu conselho aos cineastas de Nunavut é: “apenas conta a tua história.”

“Abrace tudo o que sabes sobre onde cresceste e as histórias que te foram ditas e defende-as, porque nós realmente precisamos de vozes daqui que alcancem o mundo, precisamos ouvir essas histórias”.

Fonte

Bruna Pias | Novembro 9, 2016 | Artigos, Entrevistas, Filmes, Two Lovers and a Bear | comentários

Página 4 de 29« Primeira...23456...1020...Última »