Tatiana Maslany afirma “Problemas com o corpo são universais”

14 de Abril de 2016

Acredita na estrela de Orphan Black, que interpreta uma dúzia de personagens no pequeno ecrã: Cada mulher é diferente, mas bonita.

Faz sentido que Tatiana Maslany, que interpreta – okay, admitamos, perdemos a conta ao numero de personagens – à volta de uma dúzia de mulheres diferentes em Orphan Black, seja um pouco de todas as mulheres. Então, quando se sentou com a ELLE.com antes da estreia esta quarta-feira do drama de culto, a conversa virou-se rapidamente para alguns tópicos sobre os quais vigorosamente subscrevemos – o seu amor a “Amys” (de Poehler a Schumer), a sua lista de comédias para ver, e algumas palavras bem escolhidas dirigidas aos shamers do corpo online.

Atualiza-nos quanto a  Orphan Black. Há tanto para os fãs e os espectadores casuais reterem o – onde estamos no início da temporada?

Não faço ideis! Estou na série, e eu não faço ideia do que está a acontecer! [Risos] Nós começamos num lugar muito diferente daquele onde estávamos quando vimos pela última vez os clones, isso posso dizer. Não vais conseguir ter o que queres logo no primeiro episódio.

Tu interpretas cerca de uma dúzia de personagens agora. Para a tua própria sanidade, nunca pediste aos escritores para mandar um clone ou dois pastar?

Sim, mas eles não o fazem. Eles adicionam mais!

Ao menos tens mais personagens para o curriculo.

[Risos] Sim, eu tenho headshots para cada personagem, e eu entrego-os por aí. Do género, ‘Que vibração quer?’

Qual é o segredo para manobrar todas estas personagens durante quatro temporadas?

A minha dupla, Kathryn Alexandre, está muitas vezes em cena comigo, então eu dramatizo com alguém. E ela é incrível. Nós fizemos as audição juntas. Eu fiquei com o papel, e depois fizemos casting para alguém que pudesse ser a minha dupla e ela veio e foi simplesmente incrível. E a coisa mais incrivel é que ela também é atriz, ela não é apenas uma substituta. Ela faz todo o trabalho de pronuncias, todo o trabalho de movimento, ela vê todos os planos diários. Ela é incrível. Ela dá-me um desempenho completo. Ela foi fundamental na criação da MK, um novo clone nesta temporada. Ela vem e define comigo perguntas sobre a cena, ou sobre as histórias, ou sobre o arco de personagem, e ele dá-me sempre uma visão que eu não teria de outra forma. Ela é o meu maior apoio na série, com certeza.

Foste indicada para o teu primeiro Emmy no ano passado. Viste os fãs enlouquecerem de emoção em teu nome?

Essa foi a parte mais emocionante no que toca a esse assunto. Eu nunca segui entregas de prémios – Eu apenas nunca fui fascinada por esse lado da indústria, por isso é sempre um pouco estranho e separado de mim. Mas ter os nossos fãs a preocuparem-se tanto com isso, é porque significa alguma coisa para eles, foi muito bom. Eu fiquei feliz por não ter de entrar naquele palco em frente de todas aquelas pessoas. Eu estava apavorada naquela sala. Gaby Hoffmann sentou-se à minha frente, Jeffrey Tambor estava um pouco mais afastada. Eu expressei a minha admiração por várias pessoas de certeza.

Quem admiraste mais?

Amy Schumer. Todas as vezes que vejo Amy Poehler, fico totó por ela. Todas as Amys, na verdade.

És uma amante da comédia. O que as pessoas devem colocar nas suas listas para ver, de comédia?

“Broad City”, “Key and Peele” e “Transparent”, o que é tecnicamente uma comédia, mas parece ser um drama com muita alma. E eu vi recentemente este grande filme chamado “The Overnight”, com Adam Scott, Jason Schwartzman, e Taylor Schilling. É um filme incrível. Há uma cena em que os tipos vestem próteses de pénis, e é uma cena incrível. Essa cena foi tão bonito, quando [Scott, que tem a prótese muito menor] está dançando em volta, nua. Eu nunca vi esse tipo de expressão na tela. Foi tão incrível, tão valente, a reconhecer que a vergonha do corpo é uma coisa tão grande que todos nós carregamos connosco, e depois desmontá-la e rirmo-nos dela.

E vê-lo a partir de uma perspectiva masculina. Não é habitual ver isso.

Não, não, porque eles não é suposto terem vergonha dos seus corpos. Eles são apenas suposto ser fortes, e se eles não estão, eles não são um homem. Mas muitos dos meus amigos homens discutem sobre as mesmas coisas que fazemos como mulheres.

Wentworth Miller escreveu recentemente sobre como “doeu a respirar” quando viu uma foto dele de quando  ganhou algum peso – durante um tempo negro da sua vida, quando lutava com tomadas de peso e depressão – tornar-se um meme.

Eu nunca vou entender isso. Eu nunca, nunca vou entender por que é que as pessoas pensam que é da sua conta comentar sobre os corpos das outras pessoas. Vou a um spa em Los Angeles, um dia de spa coreano, e todas as mulheres estão lá nuas. E eu nunca me senti tão apaixonada pela forma humana como quando ando e vejo todos aqueles corpos, pensando, Oh meu deus, nós somos todos apenas construídos de forma diferente. E cada corpo é único e lindo. Eu nunca vou entender que essa vergonha, e o reforço dessa vergonha. É louco.

Kim Kardashian e Emily Ratajkowski foram recentemente criticadas depois de posar de topless no Instagram. Ratajkowski respondeu que só porque ela põe uma imagem nua não significa que esteja aberta à critica negativa. O que achas?

[Sexualidade] é muito mais complexo do que os nossos peitos. A minha sexualidade não é como um objeto para ser olhado. É a maneira que eu digo “Olá” a alguém, a maneira de eu sentar com alguém. Um corpo é apenas um corpo. Mas estamos realmente com medo de corpos. Eles detêm muito poder-eu acho que é por isso que as pessoas tentam envergonhá-los tão facilmente, porque eles são tão poderosos.

Fonte

Publicado por: Bruna Pias
Categorias: Artigos, Entrevistas, Notícias, Tatiana Maslany
comentários

Novo Design

14 de Abril de 2016

Com a chegada da nova temporada de Orphan Black a nossa equipa decidiu dar ao site uma nova cara – o design foi criado por nós e codificado pela fantástica Daniela Godinho.

Fiquem à vontade para explorar o site e as suas páginas, assim como conferir as últimas notícias e ainda a galeria recheada de fotos da nossa Tatiana Maslany.

Obrigado

Publicado por: admin
Categorias: Site
comentários

Novos sneak peeks de “Orphan Black”

14 de Abril de 2016

Estreia hoje a 4º temporada de Orphan Black e em baixo podem conferir dois sneak peeks partilhados no Twitter com novas imagens.

Publicado por: admin
Categorias: Orphan Black, Promos, Vídeos
comentários

Sneak peek do primeiro episódio de “After The Black”

8 de Abril de 2016

Como já foi anteriormente noticiado, com a chegada da 4º temporada de Orphan Black teremos ainda um novo programa transmitido logo após cada episódio. A Tatiana Maslany será convidada no primeiro episódio do programa e em baixo podem conferir um sneak peek do mesmo:

Publicado por: admin
Categorias: Notícias, Orphan Black, Tatiana Maslany, Vídeos
comentários
Página 20 de 36« Primeira...10...1819202122...30...Última »