Tatiana Maslany Portugal é a tua fonte de referência para a atriz Tatiana Maslany em Portugal. O site fornece aos fãs portugueses as últimas notícias relacionadas com o trabalho da Tatiana Maslany.

Explora o site, segue a nossa equipa nas redes sociais e participa nas nossas iniciativas.
Obrigado pela tua visita.

Tatiana e elenco de “Orphan Black” falam sobre a última temporada

Leiam em baixo dois artigos sobre o painel de Orphan Black no PaleyFest, que se realizou este dia 23 de março em Los Angeles, e no qual a Tatiana Maslany e o elenco da série falaram sobre como foi filmar a última temporada da série.

Tradução do artigo publicado pela Variety:

Fãs de Orphan Black, conhecidos como o Clone Club, têm um tratamento especial no PaleyFest – um olhar antecipado à estreia da quinta temporada, que só vai ao ar a 10 de junho. O elenco e crew despediram-se da série 36 horas antes do painel.

Tatiana Maslany comentou: “Todos os dias era o adeus a alguém. Foi emocionante. Foi triste. Foi incrível.” A equipa é muito unida e Maslany foi sincera quando falou sobre o que mais sentiria falta. “A comunidade, o Clone Club e o set – é diferente de qualquer coisa que eu já experimentei”, disse ela.

Um dos grandes argumentos da temporada final é a longevidade. O co-criador Graeme Manson observou: “John [Fawcett] e eu sabíamos que, nesta série feminista, há um homem no topo. Alguém tem que trazer o homem para baixo. Pense na figura patriarcal mais malvada – o homem mais velho do mundo. Westmoreland é o cão do topo, como o Dr. Evil.”

A clone Rachel também percebeu o seu verdadeiro potencial de vilã, revelou Manson. “Rachel é muito profunda e muito poderosa.” Fawcett acrescentou: “Queríamos que a Rachel subisse ao topo através da sua vilania. Nós gostamos de encontrar os aspectos mais profundos e contradições no personagem.”

Outro enredo importante é o romance de “Cophine” entre a clone Cosima e a cientista Delphine, retratada por Evelyne Brochu. Manson reconheceu o efeito que a relação teve nos fãs. “É uma série sobre clones que aborda a diversidade”, disse ele. “A relação entre a Cosima e Delphine tem o mesmo peso que qualquer relacionamento heterossexual. É a mais importante história de amor da série.”

Brochu acrescentou: “Se a nossa série pode ter este pequeno impacto, se esta inspira a realidade a ser mais do que deveria ser, há tanto orgulho. Delphine é uma das personagens mais importantes que já interpretei.”

Quando a conversa girou em torno dos vários clones que a Maslany interpreta (neste momento 9 ainda vivos) a atriz disse: “É sempre a maior mente- no planeta e sempre cheia de erros”. A estrela também elogiou a sua colega, Kathryn Alexandre, pelo seu desempenho consistentemente que é invisível na tela, mas é essencial como a Maslany não pode fazer cada cena necessária para a cobertura.

Tradução do artigo publicado pela Entertainment Weekly:

Menos de 48 horas depois das filmagens da série Orphan Black terem sido finalizadas, o elenco e os criadores voltaram a juntar-se na passada quinta-feira no PaleyFest em Los Angeles, onde o Clone Club estava em força total para ver a temporada final e dizer adeus.

Com as emoções ainda cruas de filmar a última cena de Orphan Black a milhares de quilómetros de distância na manhã de quarta-feira, a vencedora do Emmy, Tatiana Maslany, contou esses momentos finais, o que significou dizer adeus a cada um dos seus clones.

“Quando finalizamos com a Cosima, foi como, ‘Isto foi o final para a Cosima’, e então fui tirar a maquilhagem e roupa pela última vez”, ela disse. “Foi estranho. É um trabalho de cena pesado, mas apenas dizer adeus a tantos personagens nos últimos dois episódios, envolvendo pessoas com quem trabalhamos desde a primeira temporada e envolvendo clones que eu tenho desde a primeira temporada… Foi um monte de despedidas e lágrimas e muita gratidão porque chegamos tão longe, porque conseguimos fazer cinco temporadas.”

[…]

Como evidenciado em recentes imagens lançadas, a quinta temporada também reunirá Cosima e Delphine (Evelyne Brochu), um casal que resistiu a mentiras, problemas de saúde e assumiu a morte para ter o mais amado relacionamento da série, algo que fez todos os envolvidos extremamente orgulhosos.

“O principal problema nunca foi o serem duas mulheres apaixonadas, e acho que isso é libertador e fantástico”, disse Brocho.

Manson acrescentou: “Isto realmente fala do coração da série. Esta relação é muito importante para todos nós, para ter esta parceria que está no mundo de Orphan Black, que é testada e cheia de confiança, mas no centro dela, deve ter o mesmo peso que qualquer relacionamento heterossexual que vês na TV. Estes são apenas dois personagens que se amam. O que há de errado nisso?”

Com o painel a chegar ao fim, o elenco respondeu a uma última pergunta: Qual é o vosso clone favorito? A tarefa foi especialmente dura pelo facto de que ninguém no palco, mesmo Maslany, conseguir lembrar-se de quantos ainda estavam vivos.

Houve pouco consenso entre o grupo, com todos as principais sestras recebendo algum amor. Kristian Bruun (Donnie) virou as costas para a sua esposa e escolheu a Helena; Jordan Gavaris (Felix) escolheu a Krystal que chegou tarde à série, mas o mais hilariante foi a escolha de Kevin Hanchard (Art) que escolheu Katja. “Ela foi mal interpretada e a sua chama foi apagada muito cedo”, disse ele, rindo.

Como os fãs podem esperar, Maslany ficou neutra, compartilhando o seu apreço por todas as suas personagens únicss e diversificadas. Mas sem escolher um favorito, ela tomou nota do quão difícil foi despedir-se de uma em particular. “Foi realmente difícil dizer adeus à Alison”, ela compartilhou, “porque nunca vou poder interpretar esta personagem novamente.”

Juliana Maia | Março 26, 2017 | Artigos, Notícias, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Primeiras imagens da 5º temporada de “Orphan Black”

A BBC América divulgou hoje as primeiras imagens da quinta e última temporada da série Orphan Black – que estreia a 10 de junho.

Juntamente com as imagens foi também divulgada uma sipnose:

“As paredes fecham-se em volta de Sarah quando quase todas as suas sestras e os seus aliados são trazidos ao calcanhar de Rachel. Ainda mais angustiante é a sua filha Kira que se juntou a eles. Com a ameaça da Neolution, de ter acesso à biologia dos clones, Sarah está desesperada por ganhar o controlo, mas percebe que deve mudar de táctica e seguir um longo caminho, protegendo a sua família, e o anfitrião dos clones que ela ainda está para conhecer, Sarah e aqueles que ainda lutam vão descobrir as partes perdidas da insidiosa conspiração – e, finalmente, aprender a história por trás da sua origem. Apesar do grande risco, a luta da sua vida ou a deixará livre das suas sestras, ou as verá ao encontrar-se com o seu fim.”

Juliana Maia | Março 22, 2017 | Fotos, Notícias, Orphan Black | comentários

Tatiana Maslany ganha nos Canadian Screen Awards

Tatiana Maslany saiu vencedora dos Canadian Screen Awards por duas vezes, a atriz ganhou um prémio pelo seu fantástico trabalho em Orphan Black e ainda pela sua maravilhosa interpretação em The Other Half. Quem também saiu vencedor foi a equipa de Orphan Black e do filme Two Lovers and a Bear.

Ao clicar nas miniaturas em baixo podem encontrar na galeria várias fotos do evento:

Tatiana Maslany fala com ET Canada na passadeira vermelha:

Tatiana Maslany apresenta os nomeados na categoria “Best Film”:

Tatiana Maslany recebe o prémio pelo seu trabalho em Orphan Black:

Orphan Black recebe o prémio na categoria “Best Drama Series”:

Juliana Maia | Março 13, 2017 | Entrevistas, Eventos, Fotos, Orphan Black, Tatiana Maslany, The Other Half, Two Lovers and a Bear, Vídeos | comentários

Evento #CuriousMinds com elenco de “Orphan Black”

Foi ontem realizado em Toronto, no Canadá, um evento #CuriousMinds onde parte do elenco de Orphan Black leu para os espectadores o guião do 4º episódio da 1º temporada da série. Encontrem ao clicar nas miniaturas em baixo várias fotos do evento na galeria do site e em baixo das miniaturas pequenos excertos em vídeo.


Juliana Maia | Março 6, 2017 | Eventos, Fotos, Orphan Black, Tatiana Maslany, Vídeos | comentários

Página 1 de 1712345...10...Última »

Tatiana e elenco de “Orphan Black” falam sobre a última temporada

Leiam em baixo dois artigos sobre o painel de Orphan Black no PaleyFest, que se realizou este dia 23 de março em Los Angeles, e no qual a Tatiana Maslany e o elenco da série falaram sobre como foi filmar a última temporada da série.

Tradução do artigo publicado pela Variety:

Fãs de Orphan Black, conhecidos como o Clone Club, têm um tratamento especial no PaleyFest – um olhar antecipado à estreia da quinta temporada, que só vai ao ar a 10 de junho. O elenco e crew despediram-se da série 36 horas antes do painel.

Tatiana Maslany comentou: “Todos os dias era o adeus a alguém. Foi emocionante. Foi triste. Foi incrível.” A equipa é muito unida e Maslany foi sincera quando falou sobre o que mais sentiria falta. “A comunidade, o Clone Club e o set – é diferente de qualquer coisa que eu já experimentei”, disse ela.

Um dos grandes argumentos da temporada final é a longevidade. O co-criador Graeme Manson observou: “John [Fawcett] e eu sabíamos que, nesta série feminista, há um homem no topo. Alguém tem que trazer o homem para baixo. Pense na figura patriarcal mais malvada – o homem mais velho do mundo. Westmoreland é o cão do topo, como o Dr. Evil.”

A clone Rachel também percebeu o seu verdadeiro potencial de vilã, revelou Manson. “Rachel é muito profunda e muito poderosa.” Fawcett acrescentou: “Queríamos que a Rachel subisse ao topo através da sua vilania. Nós gostamos de encontrar os aspectos mais profundos e contradições no personagem.”

Outro enredo importante é o romance de “Cophine” entre a clone Cosima e a cientista Delphine, retratada por Evelyne Brochu. Manson reconheceu o efeito que a relação teve nos fãs. “É uma série sobre clones que aborda a diversidade”, disse ele. “A relação entre a Cosima e Delphine tem o mesmo peso que qualquer relacionamento heterossexual. É a mais importante história de amor da série.”

Brochu acrescentou: “Se a nossa série pode ter este pequeno impacto, se esta inspira a realidade a ser mais do que deveria ser, há tanto orgulho. Delphine é uma das personagens mais importantes que já interpretei.”

Quando a conversa girou em torno dos vários clones que a Maslany interpreta (neste momento 9 ainda vivos) a atriz disse: “É sempre a maior mente- no planeta e sempre cheia de erros”. A estrela também elogiou a sua colega, Kathryn Alexandre, pelo seu desempenho consistentemente que é invisível na tela, mas é essencial como a Maslany não pode fazer cada cena necessária para a cobertura.

Tradução do artigo publicado pela Entertainment Weekly:

Menos de 48 horas depois das filmagens da série Orphan Black terem sido finalizadas, o elenco e os criadores voltaram a juntar-se na passada quinta-feira no PaleyFest em Los Angeles, onde o Clone Club estava em força total para ver a temporada final e dizer adeus.

Com as emoções ainda cruas de filmar a última cena de Orphan Black a milhares de quilómetros de distância na manhã de quarta-feira, a vencedora do Emmy, Tatiana Maslany, contou esses momentos finais, o que significou dizer adeus a cada um dos seus clones.

“Quando finalizamos com a Cosima, foi como, ‘Isto foi o final para a Cosima’, e então fui tirar a maquilhagem e roupa pela última vez”, ela disse. “Foi estranho. É um trabalho de cena pesado, mas apenas dizer adeus a tantos personagens nos últimos dois episódios, envolvendo pessoas com quem trabalhamos desde a primeira temporada e envolvendo clones que eu tenho desde a primeira temporada… Foi um monte de despedidas e lágrimas e muita gratidão porque chegamos tão longe, porque conseguimos fazer cinco temporadas.”

[…]

Como evidenciado em recentes imagens lançadas, a quinta temporada também reunirá Cosima e Delphine (Evelyne Brochu), um casal que resistiu a mentiras, problemas de saúde e assumiu a morte para ter o mais amado relacionamento da série, algo que fez todos os envolvidos extremamente orgulhosos.

“O principal problema nunca foi o serem duas mulheres apaixonadas, e acho que isso é libertador e fantástico”, disse Brocho.

Manson acrescentou: “Isto realmente fala do coração da série. Esta relação é muito importante para todos nós, para ter esta parceria que está no mundo de Orphan Black, que é testada e cheia de confiança, mas no centro dela, deve ter o mesmo peso que qualquer relacionamento heterossexual que vês na TV. Estes são apenas dois personagens que se amam. O que há de errado nisso?”

Com o painel a chegar ao fim, o elenco respondeu a uma última pergunta: Qual é o vosso clone favorito? A tarefa foi especialmente dura pelo facto de que ninguém no palco, mesmo Maslany, conseguir lembrar-se de quantos ainda estavam vivos.

Houve pouco consenso entre o grupo, com todos as principais sestras recebendo algum amor. Kristian Bruun (Donnie) virou as costas para a sua esposa e escolheu a Helena; Jordan Gavaris (Felix) escolheu a Krystal que chegou tarde à série, mas o mais hilariante foi a escolha de Kevin Hanchard (Art) que escolheu Katja. “Ela foi mal interpretada e a sua chama foi apagada muito cedo”, disse ele, rindo.

Como os fãs podem esperar, Maslany ficou neutra, compartilhando o seu apreço por todas as suas personagens únicss e diversificadas. Mas sem escolher um favorito, ela tomou nota do quão difícil foi despedir-se de uma em particular. “Foi realmente difícil dizer adeus à Alison”, ela compartilhou, “porque nunca vou poder interpretar esta personagem novamente.”

Juliana Maia | Março 26, 2017 | Artigos, Notícias, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Primeiras imagens da 5º temporada de “Orphan Black”

A BBC América divulgou hoje as primeiras imagens da quinta e última temporada da série Orphan Black – que estreia a 10 de junho.

Juntamente com as imagens foi também divulgada uma sipnose:

“As paredes fecham-se em volta de Sarah quando quase todas as suas sestras e os seus aliados são trazidos ao calcanhar de Rachel. Ainda mais angustiante é a sua filha Kira que se juntou a eles. Com a ameaça da Neolution, de ter acesso à biologia dos clones, Sarah está desesperada por ganhar o controlo, mas percebe que deve mudar de táctica e seguir um longo caminho, protegendo a sua família, e o anfitrião dos clones que ela ainda está para conhecer, Sarah e aqueles que ainda lutam vão descobrir as partes perdidas da insidiosa conspiração – e, finalmente, aprender a história por trás da sua origem. Apesar do grande risco, a luta da sua vida ou a deixará livre das suas sestras, ou as verá ao encontrar-se com o seu fim.”

Juliana Maia | Março 22, 2017 | Fotos, Notícias, Orphan Black | comentários

Tatiana Maslany ganha nos Canadian Screen Awards

Tatiana Maslany saiu vencedora dos Canadian Screen Awards por duas vezes, a atriz ganhou um prémio pelo seu fantástico trabalho em Orphan Black e ainda pela sua maravilhosa interpretação em The Other Half. Quem também saiu vencedor foi a equipa de Orphan Black e do filme Two Lovers and a Bear.

Ao clicar nas miniaturas em baixo podem encontrar na galeria várias fotos do evento:

Tatiana Maslany fala com ET Canada na passadeira vermelha:

Tatiana Maslany apresenta os nomeados na categoria “Best Film”:

Tatiana Maslany recebe o prémio pelo seu trabalho em Orphan Black:

Orphan Black recebe o prémio na categoria “Best Drama Series”:

Juliana Maia | Março 13, 2017 | Entrevistas, Eventos, Fotos, Orphan Black, Tatiana Maslany, The Other Half, Two Lovers and a Bear, Vídeos | comentários

Evento #CuriousMinds com elenco de “Orphan Black”

Foi ontem realizado em Toronto, no Canadá, um evento #CuriousMinds onde parte do elenco de Orphan Black leu para os espectadores o guião do 4º episódio da 1º temporada da série. Encontrem ao clicar nas miniaturas em baixo várias fotos do evento na galeria do site e em baixo das miniaturas pequenos excertos em vídeo.


Juliana Maia | Março 6, 2017 | Eventos, Fotos, Orphan Black, Tatiana Maslany, Vídeos | comentários

Página 1 de 1712345...10...Última »