Tatiana Maslany Portugal é a tua fonte de referência para a atriz Tatiana Maslany em Portugal. O site fornece aos fãs portugueses as últimas notícias relacionadas com o trabalho da Tatiana Maslany.

Explora o site, segue a nossa equipa nas redes sociais e participa nas nossas iniciativas.
Obrigado pela tua visita.

Tatiana Maslany e criadores de “Orphan Black” discutem a vida depois da série

Tatiana Maslany, recentemente nomeada pela segunda vez para o Emmy de melhor atriz em série dramática (Orphan Black), vai despedir-se no próximo ano da série da BBC America após a sua quinta e última temporada. Vai ser o fim do papel mais importante interpretado até ao momento pela atriz canadense, que tem tido a oportunidade de ser várias pessoas na série, desde uma dona de casa suburbana (Alison Hendrix) a uma ucranina feroz (Helena).

Há três anos atrás, quando Maslany foi negligenciada nos Emmys, a estrela Kerry Washington (Scandal) ficou estupefacta, pois sempre ficou maravilhada com o trabalho da atriz.

Na Comic Con, realizada no último fim de semana, durante o painel oficial de Orphan Black, Tatiana não especificou nenhuns projetos novos mas disse que “gostaria de fazer mais teatro”. Atualmente, tem dois planos no horizonte: o romance “Two Lovers And A Bear” de Kim Nugyen e “Stronger, de David Gordon Green, sobre o atentado na maratona de Boston de 2013.

Em “Two Lovers And A Bear”, Maslany interpreta uma mulher casada que, com o marido, vive corajosamente numa cidade perto do Pólo Norte.

Ainda assim, representar todo o tipo de clones em Orphan Black é o desafio final para um ator. Irá a Tatiana voar tão alto novamente?

“Claro, a quantidade de papéis em Orphan Black foi um desafio para mim, mas eu procuro desafios no meu trabalho, e colaborar com diferentes diretores é poor si só um desafio.” referiu Maslany.

Graeme Manson, co-criador de Orphan Black, disse: “Acabar a série foi uma decisão nossa.” John Fawcett, também co-criador da série, é também a favor de um spinoff da série ou de uma longa metragem, mas ainda não está nada definido.

“Em Two Lovers, os próprios elementos eram um desfio, e a intensidade emocional tocou-me. Nem sempre é sobre o número de personagens” acrescentou a atriz.

No que diz respeito à estreia da última temporada de Orphan Black, existirão mais clones eliminados? Irão os clones encontrar um equilíbrio pacífico?

“Sinto que a morte dos clones tem sido uma ameaça desde a primeira temporada” disse Maslany. “Não estamos isentos disso. Não vejo paz e tranquilidade para eles; os seus espíritos são inquietos e indomáveis.”

Fonte

Bruna Pias | Julho 30, 2016 | Artigos, Entrevistas, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Produtor de “Orphan Black” na temporada final: “É melhor cancelares-te a ti mesmo”

A próxima quinta temporada de “Orphan Black” será a última da série. No painel na Comic-Con esta sexta-feira, o elenco e produtores da série discutiram a decisão de acabar com a o drama sci-fi da BBC America.

“Nós sempre tivemos cinco temporadas em mente, e a única coisa que não queríamos fazer era ficar moles lá para o meio”, disse o produtor executivo e co-criador Graeme Manson. “Pensamos que seria melhor a série cancelar-se a si mesma do que chegar a ser cancelada, do que falhares.”

Manson e o seu colega, co-criador e produtor executivo John Fawcett disseram que há um conjunto final no qual eles e os escritores tem estado a trabalhar.

“Por mais que planeamos, a temporada final é agridoce, a diversão é saber o final, porque já o sabemos à muito tempo”, disse Fawcett.

A estrela da série Tatiana Maslany – que foi nomeada na semana passada para um Emmy de melhor atriz num drama – disse que não sabe ainda o final.

“Eu estava sentada na sala dos escritores por um dia no início da temporada para ouvir um pouco sobre como está a começar, mas não faço ideia como ela termina”, ela disse.

Maslany também anunciou que a série vai realizar um concurso em que o vencedor terá para um papel de figurante na quinta temporada. Detalhes do concurso serão anunciados.

A BBC America anunciou em junho que “Orphan Black” foi renovada para uma quinta e última temporada de 10 episódios. A série é produzida pela Temple Street, em associação com a América BBC e Space.

Fonte

Bruna Pias | Julho 29, 2016 | Artigos, Entrevistas, Orphan Black | comentários

Elenco de “Orphan Black” fala do fim da série e o que se segue na Comic-Con 2016

Uma vez que “Orphan Black” termina na próxima temporada a estrela Tatiana Maslany não tem quaisquer planos. Na verdade, Maslany disse que se encontra na incógnita. “Eu sou aberta a tudo o que virá”, disse Maslany durante um Q&A com a imprensa sexta-feira na Comic-Con International. “Eu não tenho quaisquer planos definidos. O meu mundo é uma espécie de abertos. … O que é bom agora.”

A atriz que interpreta Sarah Manning e toda uma série de clones no programa de televisão da BBC America disse que gostaria de fazer teatro outra vez, e que produzir, realizar ou escrever poderia estar no seu futuro.

“Só não tenho certeza”, disse ela. “É ponto de interrogação grande.” Tudo o que ela faz, porém, quer que seja mais difícil do que interpretar uma quantidade de personagens.
“Eu estou interessada em algo diferente, que eu nunca tenha feito antes, seja falar num idioma diferente ou apenas colaborar com um realizador diferente”, disse Maslany. “Eu quero encontrar algo assustador em tudo o que possa escolher fazer.”

Maslany tem formação na improvisação para ajudá-la a interpretar várias personagens na série que desempenha, por vezes tem mesmo de fazer em cenas com ela mesma. Para ajudar com cenas onde há mais que um clone Leda presente, Kathryn Alexandre trabalha como dupla de Maslany. Ela está em todos os episódios de “Orphan Black.”

“O que realmente me ensinou a improvisação foi em acreditar numa situação, embora nem todas as peças estejam necessariamente lá”, disse Maslany. “Katherine e eu trabalhamos em cenas de clones juntas, onde às vezes ela está numa cena comigo e eu começo a trabalhar em frente dela e, por vezes, ela é removida e eu tenho que falar para uma bola de tênis. Então, é sobre deixar minha imaginação preencher os espaços em branco.”

Alexandre disse que espera ser capaz de trabalhar com Maslany novamente no futuro depois de “Orphan Black” terminar, ou então qualquer um dos membros do elenco, a quem chamou de “maravilhoso e acolhedor.”

“Este foi o melhor trabalho que poderia ter imaginado”, disse ela. “Quando puder trabalhar com qualquer uma destas pessoas (uma vez mais), inscrevam-me.” Dirigimo-nos para a quinta e última temporada, Maslany disse que é possível alguns dos clones morrerem.

“Eu sinto que haverá algum tipo de sentimento de conclusão, poderá ser a morte ou a resolução de um pouco de paz”, disse Maslany. “Elas ou conseguem o que querem ou então não, mas elas vão conseguir o que precisam.”

Kristian Bruun, que interpreta Donnie Hendrix na série, só espera que o seu personagem e a esposa, Alison, um dos clones, possam obter uma sensação de normalidade de volta até o final da série. “Seria muito bom ver a sua vida familiar de volta aos trilhos”, disse Bruun. “Eles querem segurança e voltar a ter uma vida normal.”

Maslany não tem a certeza de que os clones irão terminar numa nota feliz. “Eu não vejo que essas personagens estejam destinadas a uma paz tranquila”, disse ela. “Eu acho que os seus espíritos estão inquietos e ali energias não são domesticadas e por isso eu não sei onde e como irão acabar.”

O co-criador, escritor e produtor executivo Graeme Manson prometeu um fim à “Orphan Black”, mas que dará um monte de respostas. Manson, juntamente com o produtor executivo John Fawcett, que também participou na criação e escrita da série, disse que era “100 por cento” a sua decisão de que “Orphan Black” tenha uma quinta temporada e o canal ouviu e concordou com eles, uma vez que explicaram o seu raciocínio.

A dupla estava de acordo que gostariam de ver um filme ou spinoff da série a ser concretizadas no futuro. Embora essas possibilidades têm estado em conversações há algum tempo, nada está previsto após a série terminar. “É muito amargo”, disse Fawcett. “Eu não consigo imaginar um final de outra maneira.”

Fonte

Bruna Pias | Julho 29, 2016 | Artigos, Entrevistas, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Página 1 de 3123

Tatiana Maslany e criadores de “Orphan Black” discutem a vida depois da série

Tatiana Maslany, recentemente nomeada pela segunda vez para o Emmy de melhor atriz em série dramática (Orphan Black), vai despedir-se no próximo ano da série da BBC America após a sua quinta e última temporada. Vai ser o fim do papel mais importante interpretado até ao momento pela atriz canadense, que tem tido a oportunidade de ser várias pessoas na série, desde uma dona de casa suburbana (Alison Hendrix) a uma ucranina feroz (Helena).

Há três anos atrás, quando Maslany foi negligenciada nos Emmys, a estrela Kerry Washington (Scandal) ficou estupefacta, pois sempre ficou maravilhada com o trabalho da atriz.

Na Comic Con, realizada no último fim de semana, durante o painel oficial de Orphan Black, Tatiana não especificou nenhuns projetos novos mas disse que “gostaria de fazer mais teatro”. Atualmente, tem dois planos no horizonte: o romance “Two Lovers And A Bear” de Kim Nugyen e “Stronger, de David Gordon Green, sobre o atentado na maratona de Boston de 2013.

Em “Two Lovers And A Bear”, Maslany interpreta uma mulher casada que, com o marido, vive corajosamente numa cidade perto do Pólo Norte.

Ainda assim, representar todo o tipo de clones em Orphan Black é o desafio final para um ator. Irá a Tatiana voar tão alto novamente?

“Claro, a quantidade de papéis em Orphan Black foi um desafio para mim, mas eu procuro desafios no meu trabalho, e colaborar com diferentes diretores é poor si só um desafio.” referiu Maslany.

Graeme Manson, co-criador de Orphan Black, disse: “Acabar a série foi uma decisão nossa.” John Fawcett, também co-criador da série, é também a favor de um spinoff da série ou de uma longa metragem, mas ainda não está nada definido.

“Em Two Lovers, os próprios elementos eram um desfio, e a intensidade emocional tocou-me. Nem sempre é sobre o número de personagens” acrescentou a atriz.

No que diz respeito à estreia da última temporada de Orphan Black, existirão mais clones eliminados? Irão os clones encontrar um equilíbrio pacífico?

“Sinto que a morte dos clones tem sido uma ameaça desde a primeira temporada” disse Maslany. “Não estamos isentos disso. Não vejo paz e tranquilidade para eles; os seus espíritos são inquietos e indomáveis.”

Fonte

Bruna Pias | Julho 30, 2016 | Artigos, Entrevistas, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Produtor de “Orphan Black” na temporada final: “É melhor cancelares-te a ti mesmo”

A próxima quinta temporada de “Orphan Black” será a última da série. No painel na Comic-Con esta sexta-feira, o elenco e produtores da série discutiram a decisão de acabar com a o drama sci-fi da BBC America.

“Nós sempre tivemos cinco temporadas em mente, e a única coisa que não queríamos fazer era ficar moles lá para o meio”, disse o produtor executivo e co-criador Graeme Manson. “Pensamos que seria melhor a série cancelar-se a si mesma do que chegar a ser cancelada, do que falhares.”

Manson e o seu colega, co-criador e produtor executivo John Fawcett disseram que há um conjunto final no qual eles e os escritores tem estado a trabalhar.

“Por mais que planeamos, a temporada final é agridoce, a diversão é saber o final, porque já o sabemos à muito tempo”, disse Fawcett.

A estrela da série Tatiana Maslany – que foi nomeada na semana passada para um Emmy de melhor atriz num drama – disse que não sabe ainda o final.

“Eu estava sentada na sala dos escritores por um dia no início da temporada para ouvir um pouco sobre como está a começar, mas não faço ideia como ela termina”, ela disse.

Maslany também anunciou que a série vai realizar um concurso em que o vencedor terá para um papel de figurante na quinta temporada. Detalhes do concurso serão anunciados.

A BBC America anunciou em junho que “Orphan Black” foi renovada para uma quinta e última temporada de 10 episódios. A série é produzida pela Temple Street, em associação com a América BBC e Space.

Fonte

Bruna Pias | Julho 29, 2016 | Artigos, Entrevistas, Orphan Black | comentários

Elenco de “Orphan Black” fala do fim da série e o que se segue na Comic-Con 2016

Uma vez que “Orphan Black” termina na próxima temporada a estrela Tatiana Maslany não tem quaisquer planos. Na verdade, Maslany disse que se encontra na incógnita. “Eu sou aberta a tudo o que virá”, disse Maslany durante um Q&A com a imprensa sexta-feira na Comic-Con International. “Eu não tenho quaisquer planos definidos. O meu mundo é uma espécie de abertos. … O que é bom agora.”

A atriz que interpreta Sarah Manning e toda uma série de clones no programa de televisão da BBC America disse que gostaria de fazer teatro outra vez, e que produzir, realizar ou escrever poderia estar no seu futuro.

“Só não tenho certeza”, disse ela. “É ponto de interrogação grande.” Tudo o que ela faz, porém, quer que seja mais difícil do que interpretar uma quantidade de personagens.
“Eu estou interessada em algo diferente, que eu nunca tenha feito antes, seja falar num idioma diferente ou apenas colaborar com um realizador diferente”, disse Maslany. “Eu quero encontrar algo assustador em tudo o que possa escolher fazer.”

Maslany tem formação na improvisação para ajudá-la a interpretar várias personagens na série que desempenha, por vezes tem mesmo de fazer em cenas com ela mesma. Para ajudar com cenas onde há mais que um clone Leda presente, Kathryn Alexandre trabalha como dupla de Maslany. Ela está em todos os episódios de “Orphan Black.”

“O que realmente me ensinou a improvisação foi em acreditar numa situação, embora nem todas as peças estejam necessariamente lá”, disse Maslany. “Katherine e eu trabalhamos em cenas de clones juntas, onde às vezes ela está numa cena comigo e eu começo a trabalhar em frente dela e, por vezes, ela é removida e eu tenho que falar para uma bola de tênis. Então, é sobre deixar minha imaginação preencher os espaços em branco.”

Alexandre disse que espera ser capaz de trabalhar com Maslany novamente no futuro depois de “Orphan Black” terminar, ou então qualquer um dos membros do elenco, a quem chamou de “maravilhoso e acolhedor.”

“Este foi o melhor trabalho que poderia ter imaginado”, disse ela. “Quando puder trabalhar com qualquer uma destas pessoas (uma vez mais), inscrevam-me.” Dirigimo-nos para a quinta e última temporada, Maslany disse que é possível alguns dos clones morrerem.

“Eu sinto que haverá algum tipo de sentimento de conclusão, poderá ser a morte ou a resolução de um pouco de paz”, disse Maslany. “Elas ou conseguem o que querem ou então não, mas elas vão conseguir o que precisam.”

Kristian Bruun, que interpreta Donnie Hendrix na série, só espera que o seu personagem e a esposa, Alison, um dos clones, possam obter uma sensação de normalidade de volta até o final da série. “Seria muito bom ver a sua vida familiar de volta aos trilhos”, disse Bruun. “Eles querem segurança e voltar a ter uma vida normal.”

Maslany não tem a certeza de que os clones irão terminar numa nota feliz. “Eu não vejo que essas personagens estejam destinadas a uma paz tranquila”, disse ela. “Eu acho que os seus espíritos estão inquietos e ali energias não são domesticadas e por isso eu não sei onde e como irão acabar.”

O co-criador, escritor e produtor executivo Graeme Manson prometeu um fim à “Orphan Black”, mas que dará um monte de respostas. Manson, juntamente com o produtor executivo John Fawcett, que também participou na criação e escrita da série, disse que era “100 por cento” a sua decisão de que “Orphan Black” tenha uma quinta temporada e o canal ouviu e concordou com eles, uma vez que explicaram o seu raciocínio.

A dupla estava de acordo que gostariam de ver um filme ou spinoff da série a ser concretizadas no futuro. Embora essas possibilidades têm estado em conversações há algum tempo, nada está previsto após a série terminar. “É muito amargo”, disse Fawcett. “Eu não consigo imaginar um final de outra maneira.”

Fonte

Bruna Pias | Julho 29, 2016 | Artigos, Entrevistas, Orphan Black, Tatiana Maslany | comentários

Página 1 de 3123